terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Estado do Rio de Janeiro cria Serviço de Guarda-Parques

Por: André Ilha

Foto: Jurandir Lima



Hoje é um dia histórico na defesa do meio ambiente no Rio de Janeiro, pois o governador Sérgio Cabral bateu o martelo quanto à criação do Serviço de Guarda-Parques do Estado do Rio de Janeiro! O decreto será assinado no Palácio Guanabara no dia 20 de dezembro, em solenidade que contará com a presença da ministra Marina Silva, e para a qual desde já estão todos convidados!



O Serviço de Guarda-Parques será criado no âmbito dos Grupamentos (I e II) de Socorro Florestal e Meio Ambiente do Corpo de Bombeiros, e atuará nas unidades de conservação estaduais de proteção integral, isto é, nos parques, reservas biológicas, estações ecológicas e, se e quando os tivermos, também em monumentos naturais e refúgios de vida silvestre. Eles atuarão nas atividades de prevenção e combate a incêndios florestais, busca e salvamento, interpretação natural, histórica e cultural, e fiscalização de todas as infrações administrativas observadas, inclusive desmatamentos, invasões etc.



Portanto, é importante frisar desde já que os guarda-parques NÃO terão atribuição para reprimir crimes, o que continuará sendo de competência das polícias (militar, civil, federal etc.), mas podem, e devem, comunicar à autoridade policial os casos de crimes, ou supostos crimes, detectados no interior e no entorno imediato de nossas UC.



O quantitativo inicial solicitado é de 200 homens para todas as unidades hoje existentes, mas num primeiro momento contaremos apenas com cerca de 20 para um projeto-piloto no Parque Estadual da Ilha Grande (pretendíamos também para o P. E. da Serra da Tiririca, mas isso não foi possível), e os demais virão com o próximo concurso do Corpo de Bombeiros, que acontecerá no início do próximo ano, o que quer dizer que este serviço não estará funcionando plenamente antes do final de 2008, mas o que importa é que o conceito estará firmado, e nossos parques poderão contar com um instrumento muito mais efetivo de relacionamento com visitantes e moradores, e também de fiscalização.


Grande abraço,

André

Nenhum comentário: