terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Vai guiar? Prepare-se para as vacas!





Tomar uma queda guiando faz parte da escalada. Agarras quebram, você escorrega, os antebraços ?bombam?, e caimos. Por isso é importantte sabermos reagir corretamente nestas situações. Primeiro para evitarmos que um acidente ocorra devido à queda. Segundo porque ter medo de cair nos limita na nossa capacidade de fazer os movimentos em determinado lance de uma via, só por medo de tomar uma ?vaca?. Se treinamos isso nos dá auto-confiança para respondermos, quase que automaticamente, a queda e ao súbito ?impacto? com a rocha. Com isso escalaremos mais tranquilos sem ficarmos tão preocupados com a possibilidade de termos que voar parede afora.


O lugar escolhido para praticar as quedas deve ser livre de saliências protuberantes e deverá ter proteções muito boas (à prova de bomba). Para começar os seus primeiros exercícios escolha um lugar que seja ligeiramente negativo para reduzir a possibilidade de ferimentos. Então, se você ganhar experiência, você poderá praticar situações mais arriscadas, como em paredes verticais ou quedas com pequenos pêndulos. Tenha um grande quantidade de corda no sistema ? pelo menos 15 metros de corda entre você e o segurador ? para absorver a força de impacto.


A corda ?esticará? durante sua sessão de ?vacas? então, após algumas quedas, desça até o chão e deixe a corda recuperar o seu formato e seu comprimento original (senão ela perderá a capacidade de absorver os impactos das quedas).


Se você é novato em tomar quedas, comece gradualmente. Inicie em top rope. Aproveite para se sentir mais seguro em se pendurar pela corda. Faça isso e então, diga ao seu companheiro para deixar um pouco de corda sobrando, enquanto você sobe faz alguns movimentos e toma uma queda. Depois tente praticando suas quedas guiando. Comece simplesmente com pequenas caídas logo acima da proteção. Então faça um ou dois movimentos acima da proteção e caia. Aumente a distância entre você e a proteção aos poucos.


Mantenha a seguinte posição quando for cair: braços e pernas ligeiramente flexionados, com os braços na altura do seu peito para que você possa se apoiar na pedra assim que você ?pousar?. Os pés serão os primeiros a tocar a pedra, e de preferência simultaneamente. Não segure a corda. Se solte da pedra suavemente, sem se empurrar, saltando para fora dela. Preste atenção à sua respiração e o quanto relaxado você está se sentindo. Se você estiver se sentindo muito tenso, então você precisa praticar mais antes de continuar.

Quando as quedas forem na diagonal, em relação à proteção, preste atenção à corda com relação aos seus pés. Se você estiver diretamente acima da proteção, então a corda precisa estar entre os seus pés. Se estiver à esquerda ou à direita da proteção, a corda precisa estar à esquerda ou à direita dos seus pés.


E não se esqueça de usar capacete e de verificar que seu segurador esteja atento ao que você está fazendo. Se tiver dúvidas não hesite em procurar um escalador experiente que possa lhe ajudar, antes de sair se jogando das paredes por aí.Tradução livre do texto: ?the basics of falling? de Arno Ilgner na seção Tech tip da edição de Fevereiro de 2004 da revista Climbing.

Por: Yukio Ikari

Nenhum comentário: