terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Marcar ou não o meio das cordas?




Sempre houve dúvidas se deve ou não marcar cordas com caneta piloto. Uma caneta piloto pode danificar a corda? A commisão de seguraça da UIAA deu o seguinte parecer:


Pesquisas da commissão de segurança da UIAA mostraram que marcar a corda com caneta piloto pode ser perigoso! Também com canetas produzidas especialmente para esta finalidade. As pesquisas revelaram uma diminuição de resistência da corda (capacidade de resistir a esforços contra cantos de 90º ou mais) de até 50 %, utilizando as normas de pesquisa EN 892. Razão por que a UIAA recomenda não utlizar quaisquer substâncias para marcar a corda, a não ser que esteja oficialmente aprovada pelo fabricante da corda. A UIAA não é capaz de testar todas caneta piloto que possam ser utilizado para marquação de cordas e manter as informações sempre atualizadas. Razão pelo qual a UIAA alerta os montanhistas.



Eis o pronunciamento oficial da UIAA sobre este assunto.


Mas, o que a gente pode fazer caso que já tenha marcado a corda? Inutilizar e comprar uma nova?

Berg&Steigen conversou com Pit Schubert, President da Comissão de Segurança da UIAA, que realizou pessoalmente parte da pesquisa e que é responável pelo pronunciamento da UIAA sobre esse assunto.


Berg&Steigen: O que a gente deve fazer caso já marcou a corda com caneta piloto?

Pit Schubert: Em primeiro lugar calma. Vamos raciocinar junto. Quando uma corda suporta p.ex. 6 quedas UIAA - o que é o mínimo exigido pela UIAA - depois da marcação com caneta piloto suporta ainda 3 quedas. Quando uma corda suporta apenas uma unica queda já não pode mais romper. O test de qualidade de uma corda dinâmica é muito severo, mais severo do que as condições de uso na pratica, para ter certeza que ela não vai romper.



Marcar ou não marcar?


Berg&Steigen: Por que então essa polêmica em relação a marcação de cordas?

Pit Schubert : Existem duas exeções: uma exeção que é muito pouco provável e outra mais provável.


Berg&Steigen: E quais são?

Pit Schubert: A primeira - como já mencionado - muito pouco provável, que exatamente aqueles 5 cm de marcação - ninguem vai marcar mais do que isso - caim sobre o canto de uma rocha. Neste caso a corda poderia romper com um fator de queda 50 % menor ou durante uma queda sobre um canto normalmente inofensivo. Mas, a probabilidade que numa queda, onde justamente aqueles 5 cm de marcação sejam forçados sobre um canto de uma rocha é remota, para não dizer quase improvável. Para reforçar essa opinão : Nos últimos 19 anos aconteceu na alemanha e austria apenas um único rompimento de uma corda, por causa de um canto de rocha afiado. E isto entre miliares de quedas que acontecem ano por ano.


Berg&Steigen: E a outra exeção?

Pit Schubert: Quando durante um resgate nas montanhas - ou situações similiares - se desce uma carga, possivelmente duas pessoas - acidentado e bombeiro - e a corda desliza sobre um canto de rocha, em algum momento a marcação da corda passará sobre o canto e nesse caso, como a corda esta menos resistente nesse ponto, existe o risco de rompimento.


Berg&Steigen: Você ia marcar a sua corda?

Pit Schubert: Não, por que eu não preciso uma marcação do meio da corda e nunca precisei. Quando quero descer puxo os dois finais da corda até que o meio se encontra no ponto da ancoragem. Por outra lado existe uma razão para marcar o meio da corda. Quando você escala uma via cujo comprimento ultrapassa a metade do comprimento da corda, o parceiro que esta dando segurança deve avisar o guiando que chegou a hora de recuar quando a marcação alcançou o freio. Já aconteceram mais de cem acidentes por que a corda ficou curta.


Berg&Steigen: O que você pode nos dizer sobre as cordas que já vem com marcação?

Pit Schubert: Segundo as normas UIAA e CEN, o fabricante deve garantir a qualidade da corda ou veja a qualidade deve ser a mesma em qualquer ponto da corda!


Berg&Steigen: Usar fita adesiva como marcação é seguro?

Pit Schubert: Desconhecemos quaisquer informação negativa em relação a cola de fitas sobre a resistência de cordas. A desvantagem da fita é que ela pode soltar, além de prender a corda numa fenda.


Berg&Steigen: Obrigado pelas informações


3 comentários:

Levi Rodrigues | BLOG disse...

Realmente é um saco não saber qual é o meio da corda, mas sempre achei que esse negócio de marcar a corda não dava certo.

Coloquei no blog o texto. Por falar nisso, de onde veio?

Abs

Levi Rodrigues
www.cordadainfinita.blogspot.com

BALDIN disse...

Enton Levi,

Eu nunca arrisquei neste lance de marcar com caneta... ou não marco, ou coloco um esparadrapo.

Veio da lista da HangOn.

Abraço

Henrique Pregnolatti disse...

Eu comprei minha corda já marcada, da lanex, não sei se é de fabrica, mas acho que é pois comprei com uma pessoa que confio muito.

Abraço.