terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Normas para escalada no Último Adeus - Parque Nacional do Itatiaia

A parede do Mirante Último Adeus, acessada em sua base, possui cerca de 25 vias de escaladas bem definidas, sendo a primeira via aberta ainda na década de 70.

Em 2004 foi criada uma comissão de avaliação de escalada no Último Adeus, integrada por representantes dos escaladores locais, tendo chegado à conclusão de que poderia ser aberto o acesso à base das vias. Contudo a abertura não foi concretizada.

Por estar com o acesso fechado há alguns anos, a base das vias têm sido acessada por locais impróprios, gerando conflitos entre a equipe de fiscalização do Parque e os escaladores.

Estes fatos, aliados aos anseios da comunidade de escaladores, predominantemente regional, levaram a Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME), ligada ao Conselho Consultivo do PNI, a discutir e propor procedimentos visando a reabertura do Último Adeus às escaladas.

Em 28 de janeiro de 2008 foram aprovadas no Conselho Consultivo as Normas para Escaladas no Último Adeus, detalhando os novos procedimentos de acesso às vias de escalada na base do Mirante Último Adeus.

Todo o conflito gerado no Último Adeus tem origem no acesso irregular por locais não permitidos. Considera-se que a proposta de reabertura, regulando o uso, além de proporcionar mais uma opção de lazer para o visitante-escalador, contribui para tirar a motivação pelo acesso clandestino.


NORMAS PARA ESCALADAS NO ÚLTIMO ADEUS (documento)

Aprovadas pelo Conselho Consultivo em 25 de janeiro de 2008

Deverão ser seguidos seguintes procedimentos para escaladas no Último Adeus

Acesso: unicamente pelo caminho que dista cerca de 1,9 Km do Posto 1 e 500 metros antes do Mirante do Último Adeus. Esta trilha se encontra em boas condições de uso, sendo necessário cerca de 10 a 15 minutos de caminhada desde a estrada para chegar na base.

Controle de acesso: entrada pelo Posto 1, mediante o preenchimento do Termo de Responsabilidade, com modelo semelhante ao utilizado na Parte Alta.

Estacionamento: apenas nos locais já existentes para tal.

Taxas: serão cobradas normalmente as taxas de ingresso e estacionamento.

Abertura de novas vias: deverão ser observadas as Normas Gerais para Escaladas no PNI. Sendo autorizada a abertura de novas vias, é necessário manter o caráter independente das vias adjacentes.

Freqüência máxima: 20 pessoas/dia

Prática de rapel: não está autorizada a prática exclusiva de rapel a partir do Mirante do Último Adeus.

PNI/Itatiaia, 28 de janeiro de 2008
Walter Behr – Chefe do PNI

Nenhum comentário: