quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Parlamento da Nova Zelândia rende tributo a Edmund Hillary


O Parlamento da Nova Zelândia prestou nesta terça-feira uma homenagem póstuma a Sir Edmund Hillary, o primeiro alpinista a atingir o cume do Monte Everest, em 1953.




A primeira-ministra neozelandesa, Helen Clark, destacou que ele foi "uma pessoa monumental que representa os valores mais elevados".Em seu discurso, declarou que Hillary, morto no dia 11 de janeiro, "era o neozelandês mais conhecido no mundo e o mais admirado universalmente" em seu país natal.
Além de suas expedições à Antártida, ao Círculo Polar Ártico e ao rio Ganges na Índia, Clark se referiu ao trabalho do alpinista em favor do povo dos sherpas no Nepal.Todos os parlamentares fizeram um minuto de silêncio e deram seus pêsames à família do alpinista, que foi apicultor e chegou a ser alto comissário da Nova Zelândia na Índia.
Fonte: EFE

Nenhum comentário: