sexta-feira, 14 de março de 2008

Regrampeação no Complexo do Baú - SP

O Grupo de Trabalho de Regrampeção foi criado com objetivo de facilitar a organização da comunidade montanhista na tarefa de manter as vias de escalada do Estado de São Paulo em condições de serem frequentadas.


Por: Pedro Refinetti
FEMESP GT Regrampeação


Divulgando mais atividades do GT regrampeação da FEMESP, aproveitamos para agradecer a crescente colaboração da comunidade. Cada vez mais temos novos colaboradores nas diversas frentes de trabalho: doações, substituição de chapas, consultas aos conquistadores, etc. Isso só vem a demonstrar que estamos (comunidade) fazendo nossa parte para garantir o futuro das vias de escalada.
A lista completa de vias reformadas, bem como o que foi feito em cada via e os colaboradores que efetuaram a regrampeação, estão em nossa página, no site da FEMESP: http://www.femesp.org/gt_regramp.php. Só para ter uma idéia, já foram substituídas mais de 80 proteções fixas até o momento e, dessa forma, as seguintes vias voltaram a ter condições adequadas:
No Baú: Wolverine, Sweetness, Dama do Abismo, Jigsaw, Vista Aérea;
No Bauzinho: Fissura Chove e não Molha;
Na Ana Chata: Johnny Quest, Surfista Prateado, Justiceiro, Cidade Deserta, Walking on the dark side;
Na Falésia do Quilombo: Nhã Sã, Mallcon X, Apartheid Muscular
Na Pedra da Divisa: Justiça Infalível, Peçonhenta, Filhas de Satã.
Atualizando a lista de doadores, colaboraram as seguintes pessoas e instituições:
Alê Silva
Alexandre Cappi
Alexandre Sousa
Associação de Escaladores Coreanos
Carla Rebeca Shwafaty de Oliveira
Centro Excursionista Universitário
David Henrique
Decio Alexandre
Fábio Galvão Borges
Hernani Carvalho PaivaHugo T. Yamamoto
Igor VicianaLuiz Tadeu Poggid
Lukas Ramos Büdenbender
Marcelo Bressan
Marcos Paulo Pereira
Roberto PavaniRodrigo Abrantes
Sergio RoblesTania Talkakura
Wilson de Bellis
Gostaríamos de registrar um agradecimento especial a algumas pessoas que tem colaborado enfaticamente para o sucesso do GT Regrampeação:
Marcelo Lopes - doou 150 chapeletas
Gustavo Nouer - doou 50 chapeletas
Silvio Jr - doou 150 chumbadores
Eliseu Frechou e colaboradores - efetuaram a regrampeação propriamente dita
Apesar dos bons resultados, ainda há muito o que ser feito e a campanha continua, lembrando que os doadores ganham um adesivo do GT. As doações podem ser efetuadas nos seguintes locais:
1) FEMESP
Padaria Ibérica. Esquina das ruas João Ramalho e Iperoig, São Paulo. Às terças, das 19:30 às 22:30.
2) Centro Excursionista Universitário
Instituto de Geociências da USP. Rua do lago, 562, São Paulo. Às quartas, das 20:00 às 23:00.
3) Clube Alpino Paulista
Rua Dr. Amâncio de Carvalho, 86, São Paulo. Às quartas, a partir das 20:30.
4) Montanhismus
Estr. dos Serranos, Km 2,5 - São Bento do Sapucaí.
5) Casa de Pedra Perdizes
Rua Venâncio Aires, 31, São Paulo.
Por enquanto, temos apenas postos de doação em São Paulo e São Bento do Sapucaí mas gostaríamos de estender a campanha para outras cidades. Caso haja interesse em cadastrar novos locais de doação, favor escrever.
Se você escalou alguma via no Complexo do Baú e achou que há proteções em situação duvidosa, não deixe de nos informar. O contato pode ser feito pelo formulário que está no site do GT, ou pelo email http://br.f540.mail.yahoo.com/ym/Compose?To=gt.regramp%40femesp.org.
É isso pessoal, a comunidade trabalhando em prol do bem coletivo. Cada um da forma que pode.
Vida longa à escalada no Baú!

Um comentário:

Akinol disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.