sexta-feira, 18 de abril de 2008

Jogos de Escalada

Use esses exercícios para manter seu treinamento (em muro) produtivo e divertido.


Saulo 'Estreito' durante a 2ª Copa Capixaba de Boulder, 2004



TRAVESSIAS EM UMA MÃO (ONE-HAND TRAVERSES):
Desenvolve movimentação dinâmica. Foco no movimento dos quadris, não somente no dos braços.

CÂMERA LENTA (SLOW MOTION):
Para aprender o que ocorre estaticamente. Erros no posicionamento serão mais fáceis de identificar.

APONTAR (POINTER):
Exercício para duas pessoas – um escalador aponta as agarras para seu parceiro. Especialmente bom para desenvolver continuidade, pois você pode forçar seu parceiro justamente nos seus pontos fracos. É possível trabalhar força, resistência ou força + resistência.

TRÊS – TRÊS (ADD-ON):
Outro jogo para dois ou mais escaladores – o primeiro escalador faz três movimentos, o segundo repete esses três e adiciona mais três. E assim por diante. Novamente você pode trabalhar força, resistência ou força + resistência.

SEM PESO (WEIGHT-OFF):
Problemas com uma determinada passada? Peça ao seu parceiro para apoiar suavemente sua lombar enquanto você faz o movimento, apenas com a força suficiente para isto. Continue treinando então, reduzindo esse apoio, até conseguir fazer a passada sozinho.

REDPOINT (REDPOINT):
Para simular uma situação real, marque rotas com fitinhas coloridas (Isso ajuda a memorizar os movimentos). Para trabalhar resistência, você deve mapear uma seqüência de 60 movimentos, sem passadas que sejam especialmente fortes. Uma vez encadenada, esse tipo de rota passa a ser um bom aquecimento. Para desenvolver força + resistência, você pode juntar alguns boulders, tendo entre eles agarras confortáveis onde você possa se recuperar um pouco, totalizando em torno de 40 movimentos.

ESCALANDO RÁPIDO (SPEED CLIMBING):
Escalar rápido ajuda a conservar energia e desenvolve um repertório de movimentos eficientes.

TRABALHANDO OS PÉS (OUTSIDE EDGING):
Para mover o corpo em posicionamentos mais eficientes. Foco em determinados aspectos. Por exemplo, tocando cada apoio com precisão.

INVENTANDO NA HORA (THINKING AHEAD):
Simular uma escalada a vista usando qualquer seqüência de agarras, inventando a rota na hora, desenvolve eficiência.

ESCALAR DINAMICAMENTE (CLIMB DYNAMICALLY):
Numa rota fácil, isso desenvolve o uso do momento (quantidade de força aplicada ao movimento).

ESCALAR ESTATICAMENTE (CLIMB STATICALLY):
Desenvolve posições de corpo sólidas.

DESCANSO CRIATIVO (CREATIVE RESTING):
Descubra possibilidades de descanso nas mais estranhas posições.

SEM PÉS, OU PÉS PEQUENOS (ELIMINATE FOOTHOLDS OR USE SMALL FOOTHOLDS):
Um bom exercício, especialmente em muro, para desenvolver um preciso posicionamento dos pés.

ESCALADA CONTÍNUA (CONTINUOUS CLIMBING):
Desenvolve resistência e fluidez na movimentação.



Fonte: Revista Rock & Ice – traduzido e adaptado por Waldyr Neto (http://www.montanhasdorio.com.br/)

Um comentário:

Delim disse...

E os métodos ByLim??? Não entram nesta realção não????
RSSS