segunda-feira, 5 de maio de 2008

Nova rota no Shipton Spire: “A vida é lilás”


Texto: Anne Louise
Shipton Spire é uma mega montanha que se ergue a aproximadamente 6000 metros de altitude, situada no Paquistão ao longo da geleira de Baltoro do Karakoram. Para subi-la só mesmo uma mega montanhista: A especialista em escaladas solos artificiais Silvia Vidal, 36, de Barcelona - Espanha.
Apesar da torre ter ganhado popularidade entre os adeptos nos últimos tempos, ainda é um lugar assustador. A matéria veiculada em climbing.com compara esta montanha a um urso. E foi em um dos pilares desse urso que Silvia estabeleceu uma nova via graduada como 6a (francês) A4+ com 17 cordadas ao longo de 870 m.
Nos 21 dias em que Silvia esteve na montanha passou por momentos duros de tempo ruim, tempestade de neve e pensamentos um tanto confusos. Escalava diariamente o máximo que conseguia até quando suas mãos e sua cabeça pediam um tempo. Em um dos dias de sua empreitada simplesmente não conseguiu sair de seu portaledge. Cismou de tentar imaginar de que cor era a vida e, naquele momento, era lilás. De acordo com Silvia sua vida no Shipton Spire basicamente refletia uma cor: lilás, com algumas manchas pretas ao longo do percurso e somente durante os rapéis essas manchas pretas eram realmente significativas. Daí surgiu o nome desta via que repercurtiu mundialmente: “La color de la vida es lila”, ”Life is Lilac” ou “A vida é lilás”.
A escaladora mesmo sendo leve e bem pequena (mede 1,57m e pesa 43 kg) carregou montanha acima centenas de quilos de equipamentos, somando dois haulbags A5 Grade VII, 50 kg de comida e água, 280m de corda fixa, uma corda dinâmica e uma retinida, mais um rack completo de equipamentos.





Alguns links com mais informações:



Nenhum comentário: