terça-feira, 6 de maio de 2008

UIAA exige que sua bandeira não seja levada pela China ao Everest

Embora no ano passado a Assembléia da UIAA tenha permitido a Federação chinesa de levar a bandeira da UIAA junto com a tocha olímpica até o cume, agora, depois das restrições que sofrem os montanhistas, o presidente Mike Mortimer exige que a bandeira não suba mais além do campo base, para que tenha os mesmos direitos que os alpinistas a quem representa.



Abaixo segue a tradução do comunicado emitido por Mike Mortimer, Presidente da União Internacional das Associações de Alpinismo (UIAA):
“Na Assembléia Geral da UIAA em outubro de 2007, as federações membros aplaudiram a promessa da Associação Chinesa de Montanhismo (CMA) de levar a bandera da UIAA ao topo do Everest, como parte relevante da tocha olímpica. A lógica era simples. A relevância da tocha era uma parte dos Jogos Olímpicos, a UIAA é um membro da família olímpica, e as federações de montanhismo da China e do Nepal eram membros da UIAA.
Nesse momento, ninguém mencionou sobre qualquer restrição que pudesse ser imposta à comunidade de montanhistas durante a temporada de ascensões do pré-monção de 2008. Nos últimos meses a comunidade montanhista expressou sua preocupação a respeito das restrições na escalada e o fechamento do Everest até 10 de maio de 2008, quando a tocha deverá ter chegado ao cume pelo lado tibetano.
Infelizmente, estas preocupações se tornaram realidade e as altas medidas de segurança tomadas em ambos lados da montanha impediram os himalayistas de escalar a montanha.
A UIAA, que defende a liberdade de acesso a todas as montanhas, avisou a Associação Chinesa de Montanhismo (CMA) que não tem permissão para levar sua bandeira ao topo do Everest, num momento em que os membros da UIAA, (a comunidade internacional de montanhistas), se encontra com grandes barreiras e restrições para acessar as montanhas.
Exigimos da CMA que não suba nossa bandeira mais acima do campo base tibetano. Dessa maneira, a bandeira terá as mesmas restrições que os montanhistas que representa têm na face sul da montanha.Embora desejemos aos montanhistas chineses envolvidos na subida da tocha uma boa e segura escalada, nossos corações estão como os de muitos montanhistas que veêm cortadas nesta temporada suas ambições de escalar o pico mais alto da Terra".
Mike Mortimer, Presidente da UIAA

Nenhum comentário: