segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Pedra Lascada - ES

Por Naoki Arima
.
Pedra Lascada ou da Andorinha


Se você der uma rápida olhadinha na croquiteca da ACE, Associação Capixaba de Escalada, irá notar que a grande maioria das vias esportivas estão situadas em três áreas de escalada. Falésia do Capeta em Viana, Morro do Moreno em Vila Velha e Pedra Lascada em Cachoeiro do Itapemirim.

A falésia do Capeta dispensa comentários, já é freqüentador assíduo deste blog. O Morro do Moreno também, é praticamente o cartão postal da escalada esportiva capixaba. Já a Pedra Lascada é pouco conhecida, mas não necessariamente menos importante.

No último domingo, fui com o Afeto conhecer este lugar que fica a 160km de Vitória. Para chegar lá basta pegar a BR-101 rumo ao sul, passar pelo trevo de acesso a Cachoeiro do Itapemirim e pegar a esquerda na segunda estrada de chão batido. Mais uns 10km por estrada de chão e pronto! Lá está a Pedra Lascada, ressaltando na paisagem. Não tem erro!


Naoki no bloco das esportivas. Foto e segurança: Afeto

Depois de chegar de carro no ponto mais alto, chega se a casa de Valdeci, um escalador local que ajudou a abrir algumas vias da região. Dali para cima, mochila nas costas e lomba acima!

O setor esportivo fica na base da Pedra Lascada que por sinal, é uma “lasca” de pedra que rolou da Pedra Lascada. Bem que o bloco poderia ter rolado mais para baixo....

O primeiro setor é o mais impressionante, todo negativo e claro, liso. Tem pelo menos 3 vias ou projetos.


Só esperando a próxima vítima....


O segundo é o mais realista. Um bloco vertical com lances, pasmem em negativo!!! O setor conta com 9 vias/projetos. Todas as vias são protegidas com grampo, as paradas são em sua grande maioria simples e algumas vias exigem certa cautela pelo fato de o segundo grampo estar longe do primeiro.

Ah, sim a rocha! A rocha é um granito bem gostoso, mas que vai machucando aos poucos sem perceber. No entanto, é bem melhor que as agarras de Viana!

No mais, fica ai mais uma dica para quem estiver pelas bandas e quiser conhecer mais uma área de escalada capixaba.

Para acessar a croquiteca da ACE, clique aqui!
.

Nenhum comentário: