quinta-feira, 14 de maio de 2009

Sherpa morre envenenado por metanol no Everest


Não são só as tempestades de gelo e o mau tempo que têm causado “estragos” no Everest nesta temporada. Um sherpa chamado Kaji morreu envenenado por um whisky que continha metanol em sua composição. Já o sherpa Ngima conseguiu sobreviver após 48 horas em estado grave.

A bebida faz parte de um estoque ilegal saído de Katmandu e distribuído em Khumbu, onde nos últimos seis meses morreram cerca de quatro pessoas envenenadas.

A polícia de Namche Bazar foi chamada no local e investiga se foi assassinato ou homicídio culposo, onde não há a intenção de matar. Enquanto Kaji não teve tempo de ser atendido e morreu deitado sobre o gelo, Ngima foi atendido por médicos de expedições que estão na região, resgatado de helicóptero e levado para Katmandu.

O whisky é distribuído em pequenas garrafas com rótulos populares porém falsos. Além de matar algumas pessoas, a bebida envenenada deixou outras vítimas cegas.

Nenhum comentário: