quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Muros de Escalada em São Carlos - SP

André Funari no AT5


Desde 1991, data do início do Centro Universitário de Montanhismo e Excursionismo, as paredes de escalada instaladas na universidade começaram a crescer e ganhar adeptos. No início as paredes eram usadas para a prática e treinamento de técnicas de espeleologia e um pouco mais tarde começou a ser usada para escalada. Foram instaladas agarras na caixa d’água da área norte da Federal e desde então as paredes não pararam de receber novas agarras e chapas.

Hoje em dia contamos com 4 paredes de 20 metros, com chapeletas para guiar e base para armar top-rope. Além do boulder, nos reservatórios menores. Metros e metros de agarras naturais (pedras) coladas ao redor dos dois reservatórios garantem um bom treino de boulder vertical e resistência.

Mas alguns meses atrás, com o desenvolvimento da escalada na região e com o fortalecimento dos escaladores, ficou clara a necessidade de se construir um muro negativo ou um teto. Só assim poderíamos continuar avançando. Com vários projetos e várias idéias os escaladores mais ativos colocam em prática mais um muro de escalada. Segundo André Funari, “o AT5 é um teto com mais de 30 metros fica no prédio AT5 (aulas teóricas), próximo ao departamento de biologia. Montamos o teto debaixo das rampas de acesso às salas de aula, e lembrando: tudo isso com um grande apoio da Prefeitura Universitária. O teto, hoje, está com uns 15 metros e foi montado com agarras Gringa, são ótimas, um shape melhor que o outro!”

Mais infos em: www.cume.org

Fonte: http://espnbrasil.terra.com.br/eliseufrechou/

Nenhum comentário: