terça-feira, 14 de setembro de 2010

Retornando e Perceverando no Vilante

Já faz alguns anos que demos o pontapé de iniciar a conquista da parede frontal da Pedra do Vilante, que fica localizada no município da Serra e faz parte da região da Grande Vitória.


Pedra do Vilante. Foto Baldin.


Mas um grande mistério assoa a conquista desta via. Nas quatro investidas anteriores que lá fizemos, EM TODAS tomamos chuva na cabeça! E isso sempre nos impossibilitou de avançar mais do que havíamos planejado. Já aconteceu de chegarmos lá e um morador local nos dizer: "Que bom que vocês vieram, a estiagem estava muito grande, e agora vai chover, vocês sempre trazem chuva pra cá!" E foi exatamente o que aconteceu (mais uma vez) naquela nossa ultima investida no Vilante.

Mas somos seres perceverantes, e por lá estivemos no ultimo feriado. Repetimos o trecho da via já conquistado (1/3 da parede), que mescla lances de artificial móvel, em cliff e escalada em livre. Depois foi içar quilos de equipos parede acima, pois a proposta era emendar uns dias além do feriado. Atingimos um platô que parecia confortável para pernoite, mas a noite foi péssima e desageitada, detonando a performance corporal para o dia seguinte. Continuamos a conquistar por um pequeno trecho em móvel e atingimos finalmente a parte laranja da parede, que tem partes negativas.

Avaliamos a situação como um todo - corpo arregassado, comida acabando, probabilidade de chuva, e além do mais, a pedra fica perto de casa! - e resolvemos retroceder para voltar depois. E novamente choveu! Só que desta vez deu tempo de sair da montanha.

A via tem se mostrado um tanto complexa para conquistar. E avaliando o que falta, ao final, pelas nossas expectativas, é beeeem possível que venha a resultar em uma via de Big Wall. Mas há ainda muito trampo pra cima, e a parede encordada espera por mais uma investida. Que nesta próxima São Anoraque olhe por nós!

Nenhum comentário: