segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Escalada na Cachoeira Alta

.
Cachoeira Alta em Alfredo Chaves, ES. Foto Oswaldo Baldin.


Na semana passada chegou um email pela lista da ACE enviado por uma galera que havia repetido a via 'Sombra e Água Fresca, D1 4º IV+ E2/3' na Cachoeira Alta. A cachu fica em Alfredo Chaves (80km de Vitória), cidade capixaba que se destaca em belezas naturais, e conhecida por propiciar a prática de diversos Esportes de Aventura.


Carapeba nas sólidas agarras da via. Foto Oswaldo Baldin.


Já ouvia falar da via desde quando foi conquistada em 2004 por Márcio Castilho e Thiago Medeiros... e agora, com a propaganda da galera foi o momento de dar um confere com os parceiros Thiago 'Carapeba' e Marcos 'Tatu'.


Tatu guiando no início da via. Foto Oswaldo Baldin.


A escalada tem cerca de 130 metros e transcorre a esquerda da cachoeira, numa escalada tranquila e agradável, onde o barulho da queda dá um astral extra à escalada. Apesar de alguns poucos grampos estarem na linha da água quando a cachu fica cheia, estes estão em bom estado. A via tem a ultima parada em uma árvore, onde o esticão de 60 metros de corda dá no limite do limite! Se menor, possivelmente o segurança terá que sair um pouco 'à francesa'. No final rola uma super ducha para lavar a alma. E pode evitar o rapel descendo caminhando pela estrada.


Baldin nos metros finais. Foto Marcos Palhares.


Acesso: A partir de Vitória é seguir pela BR 101 sul, e entrar no trevo que dá acesso a Alfredo Chaves. Na estrada tem uma placa a esquerda, indicando o acesso para a Rampa de Vôo Livre. Seguir pela estrada de terra (uns 3km) até o distrito de Cachoeira Alta, e continuar subindo em direção a cachoeira. Em uma curva acentuada é o momento de deixar o carro e seguir por uma plantação de bananas e café até a base da cachoeira/via... caminhada super fácil, de uns 15min.


.

3 comentários:

Pedro Hauck disse...

Que privilégio ter um lugar destes para escalar!

RgRfotografias disse...

Legal Baldin! Que pena que não fui!

Baldin disse...

Enton Pedro, realmente não temos nada que reclamar do ES em se tratando de escalada em rocha, rsrs.

E Raul, se prepara para mais convites inesperados!

Abraço.