quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Fitas expressas secas ou molhadas, será que há alguma diferença na resistência?

.
Texto extraído do site da Casa de Pedra


Diversas fitas utilizadas para os teste.

Você está escalando uma via de diversas enfiadas num lindo dia de céu azul. Rapidamente nuvens que vem do outro lado da montanha encobrem o céu, e você que está no meio daquela parede enorme, é surpreendido por uma chuva torrencial.

Quem nunca passou por uma situação parecida e se viu pendurado na parede, completamente ensopado?
Foi durante uma dessas roubadas que um escalador e funcionário da Black Diamond, se perguntou: Será que as fitas molhadas sofrem alguma perda em sua resistência?
Tomado pela curiosidade, no dia seguinte ele dirigiu-se ao laboratório munido de 10 fitas de Nylon e 10 fitas de Dynex.

Entre os escaladores sabe-se que as fitas de Dynex são melhores no uso em escaladas de gelo e neve por absorverem menos água.
Desta forma ele deixou 5 fitas de Nylon e 5 de Dynex dentro de um balde com água por 24 horas para que ficassem perfeitamente ensopadas para os testes.
Os testes seguiram o padrão CE de tensão conforme a foto.
Todas as fitas romperam-se no ponto do pino do tensionador, o que é típico.
Todas as fitas recebem etiquetas para 22 KN, logo podemos perceber que a margem de segurança do fabricante é bem grande pois mesmo no pior ensaio com a fita molhada, ela só se rompeu com quase 24 KN.

Conclusão:

As fitas de Dynex parecem não sofrer alteração significativa (0,3%), o que já era esperado.
As fitas de Nylon sofreram uma redução média de 8,6% em sua resistência, o que também não é preocupante, uma vez que forças superiores a 20 KN dificilmente são reproduzida em situações reais na montanha.
Logo, fitas secas ou molhadas basicamente não influenciam em nada a sua segurança na parede.
O mais importante a se atentar aqui é que após uma chuva dessas, nunca deixe seu equipamento secando diretamente sob a luz do sol, pois aí sim a resistência das fitas pode ser seriamente comprometida.

Nenhum comentário: