domingo, 8 de junho de 2014

Recauchutada na Via Casa da Mãe Joana



Via casa da Mãe Joana. Foto Hermes Thorvalden.


Um ponto de parada em uma via onde cada uma das duas chapas possui uma malha rápida em cada literalmente não é a melhor opção, pensando no momento do rapel. A corda tente a ficar extremamente pesada pra puxar, e muitas "cocas" se formam ao longo da corda. Mas as vezes no corre da conquista...
 
E é o que aconteceu em 2010 quando conquistei essa via com o Hermes Thorvalden e Jose Luiz Pappone, (que foi a primeira da parede, hoje existem outras três). Esse é o equipo que tínhamos na ocasião da conquista, e assim havíamos equipado as paradas. E as cordadas que repetiram a via passaram essa dificuldade citada.
 
Essa semana repeti a via pela primeira vez após a ter conquistado - três anos depois -, com o Fred Knopp. E aproveitamos para trocar todas as paradas por "Tops" (chapas com argolas) da marca nacional JGariglio, ficando agora bem tranquilo para recolher a corda pós rapel.
 
E também aproveitei para bater uma chapeleta em um lance que era bem exposto na quarta enfiada (a enfiada crux). Agora o lance está mais protegido, e acredito que possibilitará que mais gente repita a via com maior tranquilidade.

E uma dica é levar um Camalot # 1 e/ou 2 para melhorar a proteção  da quinta enfiada, em uma fenda que fica após a segunda chapeleta e antes da parada. É uma opção, mas que dá pra fazer sem a(s) peça(s) também.



 
Para ver maiores informações sobre a via, acesse o relato da conquista clicando aqui.
 
 
.

Nenhum comentário: